Campeonato BrasileiroDestaques

Se apenas campeões estaduais pudessem jogar o Brasileirão, quantos títulos o Inter teria?

Já imaginou o que aconteceria se a qualificação para o Campeonato Brasileiro fosse o título estadual daquele ano? Fiz uma pesquisa para saber quem seria o respectivo campeão de cada edição do Brasileirão, desde 1971, até 2019.

Como não dá para simular ou idealizar como seria o torneio com 26 equipes, cada uma de um estado, apenas eliminei da parte de cima das tabelas os times que não foram campeões estaduais no ano daquela edição. Por exemplo, em 2019 o Flamengo venceu o Carioca e o Brasileirão, portanto, segue igual. Em 2018 o campeão foi o Palmeiras, seguido por Flamengo e Inter, mas nenhum dos dois venceu o título de seu estado. O quarto lugar, Grêmio, foi campeão gaúcho de 2018 e nesta brincadeira foi atribuído ao rival colorado a taça do Brasileirão daquele ano.

Em torneios de mata-mata na fase final, entre 1971 e 2002, caso o campeão e o vice não fossem campeões estaduais daquele ano, os semifinalistas iriam para a final. Em caso de ambos os times eliminados nas semifinais fossem campeões estaduais, haveria um desempate na somatória de pontos durante o Brasileirão, mas não foi necessário. Em 1987 a escolha foi pelo Cruzeiro, semifinalista da Copa União, pois nenhum dos finalistas dos módulos verde ou amarelo (Guarani, Sport, Inter e Flamengo) foram vencedores de seus estaduais.

Caso fosse desta maneira, o Inter seria o segundo maior campeão, com seis títulos, atrás apenas do Cruzeiro, com sete. Grêmio e São Paulo teriam cinco cada. Os tetracampeões seriam Corinthians, Atlético Mineiro e Fluminense. Os tricampeões seriam Santos, Palmeiras e Flamengo. Com um título cada, Atlético Paranaense, Operário-MT, Botafogo e Sport Recife.

Confira os campeões de cada edição dessa fantasia, entre parênteses, o campeão original:

  • 1971: São Paulo (Atlético Mineiro)
  • 1972: Palmeiras (Palmeiras)
  • 1973: Cruzeiro (Palmeiras)
  • 1974: Cruzeiro (Vasco da Gama)
  • 1975: Internacional (Internacional)
  • 1976: Internacional (Internacional)
  • 1977: Operário-MT (São Paulo)
  • 1978: Internacional (Guarani)
  • 1979: Corinthians (Internacional)
  • 1980: Atlético Mineiro (Flamengo)
  • 1981: São Paulo (Grêmio)
  • 1982: Corinthians (Flamengo)
  • 1983: Santos (Fluminense)
  • 1984: Fluminense (Fluminense)
  • 1985: Atlético Mineiro (Coritiba)
  • 1986: Atlético Mineiro (São Paulo)
  • 1987: Cruzeiro (Sport/Flamengo)
  • 1988: Bahia (Bahia)
  • 1989: São Paulo (Vasco da Gama)
  • 1990: Grêmio (Corinthians)
  • 1991: São Paulo (São Paulo)
  • 1992: São Paulo (Flamengo)
  • 1993: Palmeiras (Palmeiras)
  • 1994: Palmeiras (Palmeiras)
  • 1995: Fluminense (Botafogo)
  • 1996: Grêmio (Grêmio)
  • 1997: Internacional (Vasco da Gama)
  • 1998: Cruzeiro (Corinthians)
  • 1999: Corinthians (Corinthians)
  • 2000: Sport Recife (Vasco da Gama)
  • 2001: Atlético Paranaense (Atlético Paranaense)
  • 2002: Fluminense (Santos)
  • 2003: Cruzeiro (Cruzeiro)
  • 2004: Internacional (Santos)
  • 2005: Internacional (Corinthians)
  • 2006: Grêmio (São Paulo)
  • 2007: Santos (São Paulo)
  • 2008: Cruzeiro (São Paulo)
  • 2009: Flamengo (Flamengo)
  • 2010: Grêmio (Fluminense)
  • 2011: Flamengo (Corinthians)
  • 2012: Fluminense (Fluminense)
  • 2013: Botafogo (Cruzeiro)
  • 2014: Cruzeiro (Cruzeiro)
  • 2015: Atlético Mineiro (Corinthians)
  • 2016: Santos (Palmeiras)
  • 2017: Corinthians (Corinthians)
  • 2018: Grêmio (Palmeiras)
  • 2019: Flamengo (Flamengo)

 

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!
Etiquetas

Revista Colorada

Há 5 anos trabalhando com informações relevantes em prol do Sport Club Internacional.

Artigos relacionados

Loading...
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor leitor colorado, desativar seu Adblock. Nosso site não possui propagandas com vírus, temos um ambiente seguro.