Presidente da FPF nega pedido do Inter e deixa a decisão sobre a liberação de Paolo Guerrero nas mãos do técnico Ricardo Gareca

O executivo de futebol Rodrigo Caetano se reuniu com a Federação peruana para tentar a liberação do centroavante Paolo Guerrero visando o confronto de volta contra o Cruzeiro

Foto: Divulgação / Inter
Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

O executivo de futebol Rodrigo Caetano se reuniu com a Federação Peruana para tentar a liberação do centroavante Paolo Guerrero visando o confronto de volta contra o Cruzeiro.

O pedido do Inter, no entanto, não foi aceito pelo presidente da entidade, segundo o passado à reportagem da Revista pela assessoria de imprensa da Federação Peruana.

“Passa exclusivamente pelo acordo entre Paolo Guerrero e Ricardo Gareca. A posição do clube Inter é entendida, mas eu, como presidente, não irei interferir na convocação do treinador. Eu sou respeitoso com as decisões esportivas do comando técnico”, disse o presidente da entidade, Agustín Lozano.

Desta forma, tudo está nas mãos do centroavante Paolo Guerrero, que agora precisará convencer o seu treinador a não convocá-lo.

O jogo contra o Cruzeiro acontece no dia 4 de setembro. Um dia depois, a Seleção Peruana entra em campo diante do Equador. Além disso, caso o Inter avance e Paolo Guerrero seja convocado, o jogador também ficaria de fora da primeira partida da final da Copa do Brasil.

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies