Revista Colorada
A Revista Colorada é um portal de notícias do Sport Clube Internacional, escrita de torcedor para torcedor. Um dos melhores sites de Informações, entrevistas, opiniões com muita exclusividade você encontra aqui.

Portal traz os estrangeiros mais caros da história dos clubes brasileiros

Foto: Divulgação / Inter
Guerrero Imagem
0

O portal Uol Esportes trouxe uma lista com os jogadores estrangeiros mais caros de cada clube. E nela aparece o atacante Nico López, contratado pelo Inter no ano de 2016 com a ajuda do investidor Delcir Sonda.

O primeiro deles é Carlito Tevez, que custou ao Corinthians 15 milhões de euros na temporada de 2005. Já o segundo é Arrascaeta, que teve custo para o Flamengo de 14,8 milhões de euros.

Confira a lista abaixo divulgada pelo Uol Esportes:

Os estrangeiros mais caros da história de cada clube
CORINTHIANS: Carlos Tevez (ARG, 2005) – 15 milhões de euros
FLAMENGO: Giorgian de Arrascaeta (URU, 2019) – 14,8 milhões de euros
PALMEIRAS: Miguel Borja (COL, 2017) – 9,9 milhões de euros
INTERNACIONAL: Nico López (URU, 2016) – 9,1 milhões de euros
SÃO PAULO: Claudio Maldonado (CHI, 2000) – 8,5 milhões de euros
SANTOS: Christian Cueva (PER, 2019) – 7 milhões de euros
GRÊMIO: Marcelo Moreno (BOL, 2012) – 6 milhões de euros
ATLÉTICO-MG: Yimmi Chará (COL, 2018) – 5,2 milhões de euros
CRUZEIRO: Juan Pablo Sorín (ARG, 2000) – 5 milhões de euros
ATHLETICO-PR: Morro García (URU, 2011) – 4 milhões de euros
FLUMINENSE: Jefferson Orejuela e Júnior Sornoza (EQU, 2017) – 1,7 milhão de euros
BOTAFOGO: Egidio Arévalo Rios (URU, 2011) – 1,4 milhão de euros
VASCO: Santiago Montoya (ARG, 2013) – 1,1 milhão de euros

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler políticas