Peglow pode quebrar tabu que Neymar, Coutinho e Gabigol não conseguiram

Foto: Jamie McDonald/FIFA/Getty Image
Paolo Guerrero
0

A Seleção Brasileira Sub-17 está na final do Mundial da categoria. Após derrotar a França na última quinta-feira (14) de virada, o time brasileiro se classificou para encarar o México na decisão.

João Peglow, um dos protagonistas do time de Guilherme Dalla Déa e joia da base colorada pode alcançar um feito que nem Neymar, nem Gabriel Barbosa ou Coutinho conseguiram: derrotar o México no Mundial.

O Brasil é freguês do México na competição. As equipes se enfrentaram quatro vezes. Os brasileiros venceram apenas em 1985, na fase de grupos. Depois, em 2005, os mexicanos levaram a melhor na final em Lima, no Peru, derrotando o Brasil por 3 a 0. Além disso, em 2009 o time de Alisson, Neymar e Coutinho caiu na fase de grupos ao perder para os mexicanos. Em 2013, Gabriel Barbosa perdeu a penalidade que eliminou o Brasil nas quartas de final.

Caso vença na final, o Brasil de Peglow quebra um tabu de 34 anos sem derrotar o México no Mundial Sub-17. Além disso, conquistaria uma taça que não é sua desde 2003, há 16 anos.

Brasil e México se enfrentam no domingo (17), às 19h. O time brasileiro, com João Peglow, busca mais um título da categoria. Até agora são três, conquistados em 1997, 1999 e 2003.

Siga o Twitter oficial da Revista, fique bem informado e concorra a uma camisa oficial do Inter:

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!
Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies