Destaques

Inter aciona Santos na Justiça por dívida referente à venda de Leandro Damião

A imprensa paulista informa nesta sexta-feira que o Internacional entrou com uma ação de execução para cobrar um valor referente à venda do atacante Leandro Damião ao Santos no ano de 2013.

A informação foi divulgada pelo Portal “Diário do Peixe” e confirmada pela reportagem da Revista. A partir de agora o clube paulista tem três dias para realizar o pagamento ou oferecer bens à penhora, e 15 dias para apresentar sua defesa no caso.

O Inter entrou com a ação contra o Santos em novembro do ano passado. Além do clube paulista, o processo também citava a Doyen Sports, empresa responsável por levar o centroavante para São Paulo naquele ano.

Já nesta temporada o Inter desistiu de acionar a empresa, cobrando somente o Santos no processo.

“O DIÁRIO teve acesso ao processo. O Internacional alega que o atacante Leandro Damião foi negociado por 13 milhões de euros, com uma parcela a ser paga em 2013 (no dia 30 de dezembro), e três em 2014 (dias 31 de janeiro, 30 de abril e 15 de janeiro)”, escreveu o Diário do Peixe.

O primeiro pagamento aconteceu em janeiro de 2014, com o Inter recebendo R$ 9.660.000,00. Porém, o clube gaúcho alega que o valor da parcela seria de R$ 9.694.800,00. Já o segundo pagamento foi realizado ao Inter no dia 4 de fevereiro de 2014, com valor de R$ 9.453.000,00. Porém, o Inter alega que a montante a ser pago era R$ 9.800.400,00.

O terceiro pagamento foi feito no dia 4 de maio do mesmo ano, no valor de R$ 9.183.000,00. Mas o acordo previa que o pagamento fosse de R$ 9.282.600,00. Já a última parcela foi paga no dia 27 de novembro, quando o clube paulista, com o aporte da empresa, depositou 12.175.275,48 na conta do Inter. O valor a ser pego, porém, era de R$ 12.520.400,00.

Desta forma, a diferença do valor pago pelo Santos e o que o Inter entende que deveria receber é de R$ 881.269,50. A matéria do portal ainda informa que o Santos admitiu uma dívida de 89.965,70 euros pela diferença no pagamento da última parcela do centroavante.

“Na petição, o clube gaúcho alega que as diferenças relativas à negociação do atleta, devidamente atualizadas pelo IGP-M e acrescidas de juros de mora de 1% ao mês, importam atualmente no montante de R$ 1.853.047,98”, completa a matéria do Diário do Peixe.

Além do valor cobrado pelas parcelas, o clube gaúcho ainda pretende receber o pagamento de R$ 191.131,85. O valor é referente a 0,8% da transferência, elevando, assim, a dívida para 2.044.179,83.

Fora isso, a ideia também é receber a multa que está prevista em contrato de 20% do valor da dívida devido ao atraso superior a 5 dias no pagamento, que representa R$ 408.835,96.

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!
Etiquetas

Revista Colorada

Há 5 anos trabalhando com informações relevantes em prol do Sport Club Internacional.

Artigos relacionados

Loading...
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor leitor colorado, desativar seu Adblock. Nosso site não possui propagandas com vírus, temos um ambiente seguro.