“Ganhei do time do meu coração”, afirma Argel Fucks

Foto: Aílton Cruz/Gazeta de Alagoa
Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

O Internacional foi derrotado por 1 a 0 pelo CSA na última quarta-feira. O revés deve fazer com que Odair Hellmann seja demitido nesta quinta.

Após o confronto do Rei Pelé, o técnico Argel Fucks falou em coletiva, se declarando ao Inter.

“O Internacional me formou como jogador profissional, fui campeão gaúcho, da Copa do Brasil, me levou para a seleção brasileira… O Internacional me deu tudo! E tive o maior orgulho de ser treinador do Internacional porque me lembra de quando cheguei ao clube com 15 anos, de uma família pobre, humilde, morei embaixo da arquibancada, e o Internacional me abriu as portas para ser o jogador que fui”, disse.

“Já ganhei do Internacional, já perdi do Internacional… O futebol vive disso. Nunca escondi nada para ninguém que o Internacional é o clube do meu coração, o clube que torço, que aprendi gostar. Peguei a pior fase do Internacional como jogador, nos anos 90, na parte financeira e estrutural. Mas é o clube que eu gosto e tenho um respeito muito grande. É um orgulho muito grande, mesmo sendo o clube do meu coração, de ganhar o jogo porque a gente é profissional, a gente está fazendo um trabalho altamente de recuperação e cada jogo é importantíssimo. Tenho filhos colorados, filhos gremistas, e a gente sabe dividir as coisas. E o futebol é isto: para trazer alegria para as pessoas”, completou Argel.

O treinador tem passagem pelo Inter no pior ano da sua história. Argel foi o comandante do Inter até a metade do ano de 2016, que acabou com o rebaixamento à série B.

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies