Daniel Ricci Araújo: De Lucas do Rio Verde ao Maracanã

"Quando o Inter caiu para a Série B, havia um fundo do poço simbólico: jogar em Lucas do Rio Verde"

Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

Quando o Inter caiu para a Série B, havia um fundo do poço simbólico: jogar em Lucas do Rio Verde.

Tratava-se de um rebaixamento futebolístico e geográfico. Acostumado aos aeroportos mais concorridos e aos hotéis mais exclusivos, o Inter viajaria agora no estilo ônibus enguiçado sem ar condicionado. Nada contra, mas nāo era como chegar no Morumbi.

Aquele momento passou. Agora, na quarta-feira, o Maracanã rangerá como um rottweiler contra o Inter. Sessenta mil almas cariocas, prontas para matar ou morrer. Voltamos a jogar jogos que falam por si só.

Liguei Lucas do Rio Verde ao Maracanã para celebrar o Inter. Essas sessenta mil ferozes almas flamenguistas que se aproximam são a prova da nossa grandeza. Já em Lucas do Rio Verde o Inter estava no horizonte da Libertadores.

Alguém disse que a vida nasce grávida da morte. Há coisas inevitáveis, marcadas a ferro. O Inter estava fora da sua rota, do seu caminho. Agora voltou.

E vai buscar seu lugar à mesa com uma fúria homicida.

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies