Vice-presidente do Inter diz que quem mandou o árbitro analisar o lance do gol de Victor Cuesta foi o volante Felipe Melo

O vice-presidente de futebol Roberto Melo criticou bastante arbitragem depois da vitória do Inter sobre o Palmeiras

Foto: Divulgação ; Inter
Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

O vice-presidente de futebol Roberto Melo criticou bastante arbitragem depois da vitória do Inter sobre o Palmeiras que garantiu a equipe gaúcha na semifinal da Copa do Brasil.

Segundo ele, quem pediu para que o árbitro fosse olhar a cabine de vídeo foi o volante Felipe Melo, do Palmeiras, em lance em que Víctor Cuesta marcou de cabeça e que classificaria o Inter no tempo normal.

“Foi uma vergonha o que aconteceu aqui” — disparou o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, sobre o gol anulado de Cuesta, via VAR — Já estou quase que achando que não vai adiantar o VAR. “Quem comanda e quem organiza o VAR… acho que vai acabar o VAR com as coisas que estão acontecendo”, disse.

“Agora começaram a marcar coisas que acontecem dois minutos antes. Pedi acesso às gravações do VAR, lá no início, quando na implantação do VAR. Pra mim ficou claro, quem mandou o juiz olhar na cabine foi o Felipe Melo. Mudaram as pessoas lá e parece que piorou muito. Esse senhor, o Gaciba… nós ficamos sabendo da escalação do árbitro do Gre-Nal (Anderson Daronco), de um árbitro que já nos prejudicou nos clássicos do Gauchão. Tivemos de ganhar várias vezes do Palmeiras”, completou o dirigente.


- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!
Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies