Odair Hellmann: “A equipe foi muito madura em todos os sentidos”

O Internacional venceu o Cruzeiro por 3 a 1 neste domingo, em partida que foi válida pela quarta rodada do Brasileirão e que aconteceu no Beira-Rio

Foto: Divulgação / RD Grenal
Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

O Internacional venceu o Cruzeiro por 3 a 1 neste domingo, em partida que foi válida pela quarta rodada do Brasileirão e que aconteceu no Beira-Rio.

Após o jogo, o técnico Odair Hellmann falou em coletiva e comemorou a vitória contra os mineiros. Segundo ele, a equipe foi madura para fazer o resultado.

“A gente trabalhou para equilibrar esse jogo, não chegar no fundo e só fazer cruzamento. Variamos o repertório e isso deu abertura ao tripé. Foi importante para nos dar esse volume e superioridade. A equipe foi muito madura em todos os sentidos”, disse Odair.

O técnico Colorado ainda lembrou de outras partidas recentes para avaliar que o time do Inter vem evoluindo.

“Foi um jogo muito consistente. Temos feito jogos com padrão alto de qualidade, tanto em casa quanto fora. A gente evoluiu em termos de intensidade e forte marcação. Estamos agregando também posse qualificada, sabendo o momento certo de puxar o contra-ataque ou trabalhar pra desequilibrar o adversário. Aconteceu contra Flamengo, Palmeiras, River. Mostra evolução nesse aspecto. Consolidação da ideia independente dos jogadores. A gente vem mantendo padrão de jogo mesmo com ausências ou trocas. A resposta tem sido excelente”, completou.

Antes do final do jogo, o lateral-direito Edílson, do time mineiro, acertou o atacante Nico López, sendo expulso. O jogador Colorado foi para cima dos adversário.

“Difícil, né? Em qualquer circunstância da vida, quando se sofre uma agressão, fica fora, né? Eu tentei, falei… Já tinha acontecido a agressão, expulsão, e tentei acalmar ele para não dar sequência e não sofrer duas vezes. Sofrer com o soco, ou a cotovelada, e ainda ser expulso. Falei para se tranquilizar, deixar passar e para ele esfriar a cabeça. Não levar isso a frente”, revelou o treinador.

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies