Destaques

“No jogo de volta, no Beira-Rio, a gente sentia o medo”, lembra Sobis, sobre a final da Libertadores de 2006

Em entrevista ao Papo Gre-Nal, no Instagram do GaúchaZH, o atacante Rafael Sobis falou sobre o segundo jogo da final da Libertadores de 2006, quando o Inter empatou com o São Paulo no Beira-Rio e se tornou Campeão da Libertadores. Segundo ele, o sentimento era de “medo”.

“No jogo de volta, no Beira-Rio, a gente sentia o medo. Havia um medo no Beira-Rio. Era um medo muito grande. Depois, com a bola rolando, a gente foi se soltando, mas no começo se sentia o medo, tanto que o São Paulo teve muitas chances de gol. Depois, a gente se acertou no jogo, mas era um medo nosso, do Abel. A imprensa falava muito que o Abel havia perdido (em 1989, para o Olimpia, na semifinal). Era uma esperança, mas com medo”, afirmou Sobis.

O atacante ainda lembrou que, na época, todos apontavam o São Paulo como grande favorito ao título da competição.

“Foi aquele jogo (no Morumbi) que deu o título, porque deu a diferença para ganharmos a final. Quando fomos jogar no Morumbi, o São Paulo era o poderoso campeão do mundo. O Inter era um time forte, tinha o respeito, mas não éramos os favoritos. Os meus gols e a vitória marcaram mais ainda. Era algo inesperado fazer um gol, ainda mais dois. Penso que aquela vitória que mostrou: os caras estão ali. Penso que esse jogo foi o mais importante”.

- Quer ficar informado sobre tudo o que acontece com o Internacional e seus adversários? Clique aqui, baixe o aplicativo da Revista Colorada e obtenha todas as informações na palma de sua mão!
Etiquetas

Revista Colorada

Há 5 anos trabalhando com informações relevantes em prol do Sport Club Internacional.

Artigos relacionados

Loading...
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor leitor colorado, desativar seu Adblock. Nosso site não possui propagandas com vírus, temos um ambiente seguro.