Em entrevista, Rodrigo Caetano fala sobre o aproveitamento dos jogadores da base na sequência da temporada

O executivo Rodrigo Caetano fez uma avaliação do aproveitamento dos jogadores da base no segundo semestre, em entrevista ao portal GaúchaZH

Foto: Divulgação
Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

O executivo Rodrigo Caetano fez uma avaliação do aproveitamento dos jogadores da base no segundo semestre, em entrevista ao portal GaúchaZH.

“Estive acompanhando o Gre-Nal no sub-20 e também a vitória no clássico pelos Aspirantes. A gente faz um trabalho de integração da base com o profissional, isso é constante no clube e, por isso, temos um número considerável de atletas da base treinando no profissional. O objetivo é justamente diminuir essa distância e eles possam se acostumar e, amanhã ou depois, quando forem chamados, possam dar conta do recado”, afirmou o dirigente.

Hoje, os principais jogadores da base do Inter são o atacante Netto, que marcou dois gols diante do Grêmio nesta quinta-feira, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, o lateral-esquerdo Erik, e o meia José Aldo.

“Muito difícil de falar individualmente, porque se gera uma expectativa e, com isso, pode resultar em uma frustração. Devido a minha experiência, preciso ressaltar o trabalho que está sendo feito de recuperação das categorias de base do Inter. Com isso, o trabalho vai gerar bons frutos para o grupo profissional”, completou Caetano.

O dirigente Colorado informou à reportagem do portal GaúchaZH que alguns jogadores da base irão integrar o elenco que fará a intertemporada em Atibaia, no interior de São Paulo.

“Para Atibaia, seguirão os jogadores que já estão figurando no grupo principal. Talvez mais uma ou duas peças. Justamente para que o Odair e a comissão técnica possam vê-los de mais perto nos treinos e, quem sabe, algum deles ganhe oportunidade em alguma das competições que teremos no segundo semestre”.

Com a iminente saída do lateral-esquerdo Iago, a comissão técnica observa de perto os alas Leocovick, do sub-23, e Erik, do sub-20.

“É difícil de prever isso. Primeiro o Iago tem que ter sua saída concluída. Se isso acontecer, nada mais justo que olhemos primeiro para a formação para que depois, caso achemos necessário, irmos ao mercado para contratar um jogador que, de fato, vai agregar qualidade”, finalizou.

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies