Denílson provoca Guerrero: “Quando não toca no caroço, ele fica bravinho”

Foto: Ricardo Duarte / Inter
Paolo Guerrero
Nico Lopez
0

O Internacional foi derrotado pelo Palmeiras na noite da última quarta-feira em partida que foi válida pela ida das quartas de final da Copa do Brasil e que aconteceu no estádio Allianz Parque.

Após o confronto, o centroavante Paolo Guerrero novamente disparou contra a arbitragem, assim como já havia feito no confronto contra os paulistas pelo campeonato brasileiro. No programa Jogo Aberto, Denílson criticou as declarações do jogador peruano.

“Quando o Guerrero não toca no caroço, ele fica bravinho. Não adianta chorar. Amassamos. O Guerrero é meu parceiro, gosto para caramba dele, mas ele foi infeliz na declaração depois do jogo”, afirmou Denílson.

Já a apresentadora Renata Fan até criticou o árbitro, mas negou que a culpa do resultado do jogo do Allianz Parque tenha passado por Wilton Pereira Sampaio.

“Inoportuna. A arbitragem ficou ensebando o jogo para os dois lados. (…) Não acho que o Inter foi prejudicado”.

Logo depois, para finalizar, o ex-atacante da seleção críticou alguns jogadores do Inter que estiveram abaixo no confronto que aconteceu em São Paulo.

“O futebol chega a ser engraçado. Quando perde, reclama, quando ganha, está tudo certo. O Internacional não jogou nada. Não executaram o propósito de jogo como tinham. É normal vir com um sistema um pouco mais defensivo, mas o Nico Lopez não marcou ninguém, o Nonato ainda está começando a carreira, vai brilhar muito, o Patrick, não sei se é volante, ponta direita, ponta esquerda. O Palmeiras, ontem, era para ter metido uns três, quatro”.

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies