Polícia Civil vai ao vestiário do Inter colher depoimento de Edenilson após denuncia de racismo de Rafael Ramos

O volante do Inter acusa o lateral do Corinthians de racismo

Foto: Reprodução

O Internacional empatou com o Corinthians em 2 a 2 neste sábado, em jogo que aconteceu em Porto Alegre e foi válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 31 minutos do segundo tempo, o volante Edenilson acusou o lateral-direito Rafael Ramos de tê-lo chamado de macaco. Depois do jogo ficar paralisado por um tempo, o árbitro reiniciou o confronto e não puniu o jogador português.

Por conta do ocorrido, a Polícia Civil esteve no vestiário do Inter para colher o depoimento de Edenilson após o confronto. O jogador Colorado deve registrar ocorrência contra o atleta do Corinthians.

Também depois da partida, em entrevista à TV, o centroavante Jô deu a versão do jogador do time paulista.

“Ele (Edenílson) acusou o Rafa de racismo. O Rafa falou que não disse. Disse outra palavra no português de Portugal, que é diferente, não sei pronunciar e qual foi. Mas ele disse que não teve ofensa racista. Ficou todo mundo confuso, mas agora vamos ver o que aconteceu realmente. Ele falou que parecia (com a palavra macaco), mas não podemos acusar alguém sem ter certeza”, afirmou o centroavante do Corinthians.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais