Conmebol oficializa mudanças em punições em caso de racismo nas suas competições

A entidade anunciou as mudanças em documento enviado às entidades nacionais

Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (09) a Conmebol confirmou, via documento enviado às entidades nacionais, que alterou o seu Código Disciplinar. A partir de agora, serão mais duras as punições envolvendo casos de racismo.

A mudança envolve o artigo 17. Desta forma, a multa mínima para estes casos passa de US$ 30 mil para US$ 100 mil. O Comitê Disciplinar da Conmebol ainda poderá determinar que o clube tenha que jogar com portões fechados ou então com interdição parcial no seu estádio.

A Conmebol vinha sendo muito criticada pelos recentes atos de racismo nas suas competições. A entidade ainda informou aos seus afiliados que foi feita uma análise das partidas recentes. A Conmebol diz que observou “com preocupação o número de infrações cometidas por torcedores em relação à discriminação, especificamente o racismo”. Diante disso, o Conselho da entidade decidiu pelas mudanças.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais