A estratégia do Inter para pagar o salário de Charles Aránguiz

O volante chileno está na mira da direção colorada

Foto: Divulgação / Bayer Leverkusen

A direção do Inter segue atenta à situação de Charles Aránguiz. Em contato no final de semana com a reportagem da Revista, um importante dirigente Colorado confirmou que o jogador chileno interessa.

No entanto, segundo ele e o seu representante, André Cury, até o momento não existe negociação entre as partes. O jornalista Rodrigo Oliveira, da Rádio Gaúcha e do GZH, trouxe uma informação importante nesta terça-feira.

Segundo ele, o Colorado trabalha uma forma de pagar o salário do chileno e não deve ultrapassar o teto do clube, de 650 mil reais. A ideia da direção também seria de liberar alguns jogadores na próxima janela de transferências para aliviar a folha e abrir espaço para a chegada do meio-campista chileno.

Ainda segundo o jornalista da Rádio Gaúcha, a direção colorada já informou aos representantes de Charles Aránguiz que não tem condições de igualar o salário pago pelo Bayer Leverkusen, de mais de 1 milhão de reais mensais.

O chileno de 33 anos está tentando sua liberação junto ao time alemão para voltar à América do Sul. Por lá ele tem contrato válido até junho de 2023, mas o jornal “AS”, do Chile, informou recentemente o seu desejo de deixar a Europa.

Aránguiz tem passagem pelo Inter nos anos de 2014 e 2015, sendo negociado no último ano depois do vice-campeonato da Libertadores para o Tigres por 13 milhões de euros junto ao Bayer Leverkusen.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais