Contrato longo e valorização salarial: os trunfos do Inter visando ter Vojvoda

Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza

A direção do Internacional não deve manter o técnico Diego Aguirre para a próxima temporada. Os recentes resultados da equipe no Brasileirão, que deixam o Inter mais longe da Libertadores de 2022, pesam para a saída do técnico ao final do ano.

Um dos nomes sondados pelo Inter para a próxima temporada é o de Juan Pablo Vojvoda. O técnico tem contrato com o Fortaleza até o final do ano, mas com cláusula de renovação automática e multa alta. Para seduzi-lo, o Colorado pode oferecer um contrato válido até o final da gestão de Alessandro Barcellos.

Desta forma, caso feche com o Inter, Vojvoda assinaria contrato válido até o final do ano de 2023. O treinador argentino também receberia uma valorização salarial e passaria a ganhar no Inter bem mais do que recebe mensalmente no Fortaleza.

Contudo, contratá-lo não será fácil, uma vez que o comandante tem multa rescisória superior a 1 milhão de dólares. Neste caso o Inter teria que desembolsar o valor ao time cearense, ou então o técnico chegar a um acordo para uma saída amigável – o que não é tendência de momento.

Em entrevista à reportagem da Revista nesta quarta-feira, dia 1, o executivo de futebol do Fortaleza não garantiu a presença do treinador na próxima temporada, afirmando que no futebol “tudo pode acontecer”.

“No futebol tudo pode acontecer. Ele tem renovação automática conosco com uma multa alta, mas a gente sabe que no futebol tudo pode acontecer. Isso quem vai tem que decidir é ele”, afirmou Sérgio Papelin quando questionado sobre a possibilidade do treinador comandar o Inter em 2022.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais