Procuradoria do STJD denuncia Grêmio e rival pode jogar sem torcida no Gre-Nal

Foto: Reprodução

A Procuradoria do STJD denunciou o Grêmio pelos fatos ocorridos após o jogo contra o Palmeiras no último domingo, quando a equipe gaúcha foi superada pela paulista por 3 a 1.

Na oportunidade, torcedores do rival invadiram o gramado da Arena e agrediram seguranças, profissionais de imprensa, além de terem entrado em confronto com a Brigada Militar.

Pelos artigos denunciados, o Grêmio pode ter o estádio interditado. Além disso, o tricolor ainda pode sofrer multa de R$ 100 a R$ 100 mil e não ter direito a torcedores nos jogos fora de casa.

Por conta da gravidade dos fatos, o órgão ainda pediu uma liminar para que o rival passe a atuar sem torcida no Brasileirão até o julgamento por parte do STJD. A decisão fica a cargo do presidente da entidade, Otávio Noronha. A procuradoria ainda solicita que o Grêmio não tenha 10% de torcida visitante nos jogos fora de casa, o que influenciará no clássico Gre-Nal do sábado se o pedido foi aceito.

“Para a Procuradoria, o Grêmio jogar com torcida única em seu estádio não se mostra eficaz para a contenção das cenas de violência como as presenciadas neste domingo. Com base no artigo 119 do CBJD, a denúncia pede ainda a concessão de liminar para que as partidas do Grêmio como mandantes ocorram com portões fechados e nos jogos como visitante o Grêmio não tenha direito a carga de 10% dos ingressos até o julgamento do processo no STJD do Futebol”, diz trecho da nota divulgada pelo STJD.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais