Por áudios vazados, Paixão não vai a treino e pede para deixar o Inter

Imagem: Ricardo Duarte/Internacional

Por conta das proporções dos áudios vazados nesta segunda-feira, Paulo Paixão não esteve no CT Parque Gigante para o treino do time Colorado e pediu para deixar o Inter, segundo apurado pela Revista.

Os supostos áudios vazados do funcionário do clube afirmavam que o grupo montado pela direção para a temporada era fraco.

“O Diego (Aguirre, técnico) olha para trás, para o banco, e é só garoto. É o Boschilia enganador, que não é mais garoto, mas o resto é garoto. O time vai ter que contratar se quiser fazer alguma coisa para o ano que vem. Tem que contratar. E trocar umas peças que já estão, em termos de clube, há muito tempo. Faz uma permuta, Patrick com não sei quem, Dourado com não sei quem, Cuesta… Tem que fazer, tem que renovar, o vestiário está há muito tempo ali. Enfim, é difícil. O treinador olha para trás assim… E o Renato olha para trás e tem o Arrascaeta, não sei quem e não sei quem mais”, diz o trecho de um dos áudios vazados.

O profissional foi contratado logo após a saída de Miguel Ángel Ramírez e assumiu a função de coordenador técnico. A tendência é que o Inter se manifeste sobre o ocorrido nas próximas horas.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais