Aguirre teve reunião com grupo e conversa em particular com Boschilia após áudios vazados de Paulo Paixão

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Na última segunda-feira, Paulo Paixão teve áudios do Whatsapp vazados em que fazia críticas a alguns jogadores do clube. Dentre eles, o meia Gabriel Boschilia, o zagueiro Víctor Cuesta e os volantes Rodrigo Dourado e Patrick.

Pelo vazamento, o profissional, ainda na segunda, pediu demissão ao executivo do clube, Paulo Bracks. Nesta terça-feira, o colega Tomás Hammes, do Globo Esporte, informou que Diego Aguirre teve reunião com o grupo de jogadores após o ocorrido.

“Conforme apurado pelo ge, Aguirre declarou que tinha apreço por Paixão e mantinha respeito pelo profissional, mas que seu pensamento era distinto do agora ex-companheiro. Disse que existia um contexto na conversa do histórico preparador com o amigo ao qual ele não conhecia, mas lamentou o ocorrido”, escreveu o portal.

“Após a conversa com o plantel, Aguirre tratou de falar com Boschilia reservadamente. O uruguaio, que deu 16 oportunidades ao meia neste período, deu força ao pupilo. Disse que acreditava em seu potencial e pediu para que mantivesse o foco no trabalho para conquistar mais espaço”, completou o GE.

O time volta a jogar na próxima quarta-feira, quando vai até o Rio de Janeiro encarar o Fluminense na 35ª rodada do Brasileirão. O jogo está marcado para às 21h30min.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais