Jornal uruguaio afirma que Aguirre estava disposto a aceitar cargo na seleção

Créditos: Ricardo Duarte

A novela entre Diego Aguirre, Óscar Tabárez e a Seleção Uruguaia talvez não tenha chegado ao fim, mas deu uma pausa de alguns meses. Neste último final de semana, o Maestro esteve muito próximo de sair do cargo e o candidato principal para assumir o posto de técnico do país seria Diego Aguirre.

O jornal Ovación, do Uruguai, apurou cinco motivos que fizeram a comitiva da Celeste optar pela permanência de Óscar Tabárez no cargo. Nenhum deles envolve o Internacional diretamente, mas na reportagem, o portal afirma que Diego Aguirre estaria disposto a deixar o clube para assumir a Seleção Uruguaia.

Antes da reunião com Tabárez e sua comissão técnica, a balança não estava inclinada a favor do treinador. Como sucessor, só se manejava uma opção: Diego Aguirre, hoje treinador do Inter de Porto Alegre. Segundo soube o Ovación com fontes, a AUF contatou o entorno da Fiera [Diego Aguirre] para conhecer sua situação. O treinador estava disposto a abandonar seu posto em um dos mais grandes do Brasil para tomar o desafio da seleção“, diz a reportagem.

A reportagem da Revista Colorada apurou a mesma informação, ainda no sábado. Mesmo que Diego Aguirre diga oficialmente que não foi procurado, uma fonte próxima ao treinador afirmou que o uruguaio veria como uma ‘convocação’ e não como um convite, portanto aceitaria.

Diego Aguirre tem contrato com o Internacional até o final de 2022. Pode ser que Óscar Tabárez não termine 2021 no comando da Celeste e que a Associação Uruguaia de Futebol procure o técnico colorado para o posto. Caso isso ocorra, o clube gaúcho irá procurar um novo treinador para a temporada seguinte, se Aguirre sair.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais