Com passagem pela base do Inter, jogador do São Paulo-RS agride árbitro e é preso em flagrante

Foto: Reprodução/FGF

O jogador Willian Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande, foi preso em flagrante na noite desta segunda-feira (4). O atleta agrediu o árbitro Rodrigo Crivellaro em uma partida da Série A2 do Campeonato Gaúcho, durante o duelo contra o Guarani de Venâncio Aires.

Aos 14 minutos do segundo tempo, o árbitro aplicou o cartão amarelo para o atleta do São Paulo de Rio Grande. Willian Ribeiro perdeu o controle e deu um encontrão no juiz. Quando Crivellaro estava caído ao chão, o jogador chutou a cabeça, com força. O comandante da partida desmaiou e foi atendido pela ambulância.

Rodrigo Crivellaro foi mandado para o Hospital São Sebastião Mártir, de Venâncio Aires. Willian Ribeiro à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde prestou exame de corpo de delito e posteriormente à Penitenciária Estadual de Venâncio Aires.

Willian Ribeiro tem antecedentes criminais por lesão corporal, ameaça e provocação de tumulto. O atleta fez parte das categorias de base do Internacional, entre 2008 e 2010, quando se despediu e foi ao Brasil de Pelotas.

Confira a nota publicada pelo São Paulo de Rio Grande:

“Lamentável. Lamentável e acima de tudo, revoltante. 

No exato dia em que toda a família rubro-verde reuniu-se para comemorar mais um aniversário – 113 anos de Sport Club São Paulo -, nosso Clube se deparou com um dos episódios mais tristes de sua história, uma fatídica cena que chocou todas as pessoas que amam não só o futebol gaúcho, mas todas aquelas que simplesmente amam o esporte de modo geral.

Podem ter certeza, lamentamos e nos envergonhamos profundamente de todo o ocorrido, todo nós em absoluto, toda a nossa nação rubro-verde: Direção, torcida, demais jogadores, etc. Pedimos todas as desculpas do mundo ao profissional agredido e sua família, assim como pedimos desculpas ao público, de modo geral, pela cena lamentável vista hoje. 

O contrato com o atleta agressor está sumariamente rescindido. Ademais, todas as medidas possíveis e legais em relação ao fato serão tomadas.”

Deivid Goulart Pereira, Presidente do Sport Club São Paulo

Abaixo o lance:

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais