Técnico do Fortaleza, Vojvoda viu derrota para o Inter como injusta: “Difícil de digerir”

Foto: Kid Júnior / SVM

No último domingo o Internacional venceu o Fortaleza por 1 a 0 atuando no Estádio Beira-Rio. O jogo foi válido pela vigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro e teve seu gol marcado por Edenilson aos 48 minutos do segundo tempo.

Depois do confronto, o técnico Juan Pablo Vojvoda concedeu entrevista coletiva. Para o argentino, a derrota para o Inter não foi justa. O treinador do Fortaleza também afirmou que as expulsões de Renzo Saraiva e David tiveram um efeito maior na equipe.

“Uma derrota muito difícil de digerir, muito difícil de explicar. O nível do time está subindo, contra São Paulo, Atlético-MG e hoje criamos oportunidades de gol. Uma desatenção no último minuto nos deixa com mãos vazias. Acho injusta a derrota, mas é o futebol. O Fortaleza tem que tirar força disso. O nível do time foi bom, em um campo muito difícil. Mas o Fortaleza em alguns momentos foi superior. Contra Atlético-MG, fizemos bom jogo, sem criar opções muito claras. Hoje a situação de gols foi para ganhar o jogo. Mas é um esporte que muitas vezes se faz tudo para ganhar e não consegue. Tenho dor, jogadores têm dor, os torcedores têm dor, mas confio muito no meu time”, disse Vojvoda.

“Até o último momento o futebol pode premiar ou castigar. Hoje veio o castigo. Eu fico com o jogo do Fortaleza durante os 90 minutos. Tenho que analisar a expulsão, que prejudicou mais ao Fortaleza do que ao Internacional. David tinha entrado há pouco tempo”, seguiu ele sobre as expulsões do ala e do atacante.

Depois de vencer o Fortaleza, o Inter agora se prepara para o jogo diante do Bahia que acontece no próximo domingo e será válido pela 22ª rodada do Brasileirão. A partida para às 16 horas, no Beira-Rio.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais