Direção do Inter se manifesta a respeito da possibilidade de suspensão da rodada do Brasileirão

Foto: Reprodução
0

O retorno do público aos estádios tem sido um debate enorme no futebol brasileiro. Algumas regiões do país foram liberadas pelos governos locais a receberem torcedores de volta às canchas, mas há um consenso entre os clubes da Série A por isonomia.

Mesmo podendo receber os colorados no Beira-Rio, o Internacional irá esperar até que todas as equipes que disputam a competição nacional tenham condições de fazer o mesmo. O Flamengo, por outra via, deve colocar torcedores na Copa do Brasil contra o Grêmio nesta quarta-feira. O clube conseguiu uma liminar que permite colocar fãs no estádio.

Até por isso, existe a possibilidade de boicote na rodada do Brasileirão, caso algum dos clubes coloque torcedores no estádio. Emílio Papaléo, vice-presidente de futebol do Inter, falou sobre a situação.

“Nós sempre pregamos a isonomia. Se nós temos algo que foi negociado coletivamente no conselho técnico da CBF, que todos voltariam ao mesmo tempo, mantendo equilíbrio, fica muito ruim um clube perseguir individualmente uma posição contrária. A questão do boicote da rodada ainda é algo para ser analisado pelo setor jurídico, além do conselho de gestão. A competição é dos clubes, a CBF quem tem de dispor sobre isso”, afirmou o dirigente à Rádio Gaúcha.

No Campeonato Brasileiro, o Inter subiu para a parte de cima da tabela. Após derrotar o Sport Recife na segunda-feira, o time gaúcho pulou para o 9º, com 26 pontos.

- Receba as notícias do Inter em primeira mão no seu celular, baixe nosso aplicativo!
Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais