Edenilson comemora marca e permanência no Inter: “Não teria sido convocado”

Crédito: Ricardo Duarte

Novamente o volante Edenilson foi decisivo com a camisa do Inter. O meio-campista deu assistência para o gol de Yuri Alberto, o primeiro do Colorado diante do Bahia, no último domingo.

Nesta segunda-feira, o meio-campista completou quatro anos do primeiro gol com a camisa vermelha. Este aconteceu em 2017, diante do América-MG, pela Série B.

“Foi ali onde tudo começou. Agradeço a todos os meus companheiros e a comissão técnica pelo trabalho diário que vem sendo realizado. Quero seguir focado no dia a dia e ajudando dentro de campo, junto com meus companheiros, para que as vitórias sigam e os objetivos sejam alcançados no fim da temporada”, afirmou o jogador do Inter.

Nas últimas temporadas, o meio-campista tem recebido propostas do futebol árabe. Recentemente ele esteve na mira do Al Shabab, da Arábia Saudita, mas acabou permanecendo no Inter.

“Sou muito grato por não ter ido (para a Arábia). A gente sabe como é o futebol. Realmente, teve negociações da minha parte e da parte do Inter. A gente conversou bastante e, no fim, acabei agradecendo por não ter acontecido o negócio. Tenho certeza que se eu estivesse lá, não teria sido convocado”, afirmou o jogador colorado em entrevista ao Seleção SporTV.

Com ele, o Colorado volta a campo no sábado, quando enfrenta, fora de casa, o Atlético-MG, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais