Por suspeita de envolvimento em desvio de R$ 35 milhões, Anderson é denunciado pelo MP

PEDRO H. TESCH/GAZETA PRESS

Ex-Inter e Grêmio, Anderson foi denunciado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul na última semana por vários crimes. O ex-jogador é suspeito de participar de um esquema que teria desviado R$ 35 milhões de uma indústria da Bolsa de Valores.

“Ele é suspeito de participar de um esquema que teria desviado R$ 35 milhões de uma indústria e da Bolsa de Valores e lavado dinheiro em operações com criptomoedas. No total, oito pessoas podem responder por crimes como furto qualificado, organização criminosa e lavagem de bens, direitos ou valores. O MP-RS não divulgou o nome dos suspeitos, mas o ge confirmou que Anderson é um dos denunciados”, escreveu o Globo Esporte.

Em junho de 2020, o MP cumpriu mandatos em Porto Alegre, sendo que um dos lugares visitados pelos agentes foi o apartamento do ex-meia Colorado.

O Ministério Público investigou que o grupo criminoso desviou R$ 30 milhões de uma conta bancária de uma grande indústria, isso por meio de 11 transferências via TED. O valor teria sido lavado com a aquisição de criptomoedas no país e no exterior.

Ao GE, Anderson alegou ser inocente, também reafirmando o que já havia dito quando do cumprimento do mandato no seu apartamento, no ano passado. O ex-meia afirma que sua empresa vendeu bitcoins para um dos envolvidos, mas alega não saber que o dinheiro tinha origem desconhecida.

O ex-jogador está afastado dos gramados desde 2019, quando deixou o Adana Demirsport, da Turquia.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais