Daniel Carvalho: “Hoje tem meia dúzia de cabeças de bagre que recebem R$ 250 mil”

Ex-meia do Inter, Daniel Carvalho concedeu entrevista à Rádio Gaúcha neste sábado e criticou os jogadores de hoje em dia.

Para ele, nem Inter e nem Grêmio estariam na atual situação se o público estivesse liberado para ir aos estádios.

“Hoje tem meia dúzia de cabeças de bagre que recebem R$250 mil. Mérito dele? Sim. Mérito do empresário também. Ou burrice da diretoria”, disse.

“O jogador se preocupa muito com o lado financeiro hoje e esquece um pouco do lado do torcedor. A vantagem, tanto de Inter e Grêmio, é que não tem torcedor no estádio. Eu duvido que estivessem jogando assim com torcida no estádio”, completou ele.

“Para nós que somos gaúchos e começamos na base, é diferente o sentimento de jogar no Inter. Hoje, já aposentado, o meu maior reconhecimento da torcida do Inter não é pelos títulos, mas por um gol que eu fiz em um Gre-Nal”, seguiu Daniel Carvalho.

O ex-meia foi lançado pelo Inter e negociado com o CSKA, da Rússia, em 2003. Em 2008 ele voltou ao clube gaúcho, mas não permaneceu por mais de um ano.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais