Chegada de Mercado e retorno de Guerrero obrigam Aguirre a cortar relacionados

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O mês de agosto trouxe dois reforços estrangeiros para o Internacional. O primeiro é Paolo Guerrero, que já estava no clube e retornou após se recuperar de lesão. O outro é Gabriel Mercado, que poderá atuar a partir da publicação de seu nome no BID.

Os dois experientes jogadores colocam Diego Aguirre em uma obrigação de cortar algum jogador. O limite máximo de estrangeiros relacionados por partida no Campeonato Brasileiro é de 5, então nem todos os atletas nascidos fora do país poderão ficar à disposição de Aguirre sempre.

Ao todo, o Internacional tem 7 estrangeiros que participam do elenco principal. Na defesa, os argentinos Renzo Saravia, Víctor Cuesta e Gabriel Mercado, além do uruguaio Bruno Méndez. No ataque, o chileno Carlos Palacios e o peruano Paolo Guerrero. Além deles, o colombiano Juan Manuel Cuesta, que atua pelo profissional e pelo sub-20.

Diego Aguirre precisará cortar sempre dois deles por partida. Isso já aconteceu no final de semana passado. No último sábado, Juan Manuel Cuesta foi para São Paulo com o sub-20, pois Aguirre relacionou Saravia, Méndez, Cuesta, Palacios e Guerrero para a partida contra o Cuiabá.

Essa é uma dor de cabeça para o treinador, que também é estrangeiro. Mas por outro lado, um alívio para Diego Aguirre, que fala constantemente sobre ter o maior número de jogadores disponíveis para os confrontos.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais