Ex-dirigente do Inter, Rodrigo Caetano sofre tentativa de agressão após jogo contra o Boca Juniors

Foto: Reprodução/Uol
0

Ex-executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano agora comanda a pasta no Atlético-MG. Na última terça-feira, o Galo eliminou o Boca Juniors da Libertadores nas penalidades.

O resultado foi bastante criticado pelos argentinos, que reclamaram de erros de arbitragem no jogo de ida e no jogo do estádio Mineirão. Por isso partiram para a pancadaria após o duelo.

No seu Twitter, o Atlético-MG informou que o ex-dirigente colorado sofreu uma tentativa de agressão.

“O saldo foi de pessoas feridas, felizmente sem maior gravidade. Houve, inclusive, uma tentativa de agressão ao diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, com uma barra de ferro. A PM deu voz de prisão a alguns jogadores e membros da comissão técnica do Boca”, escreveu o clube de Minas.

Nesta quarta-feira, Caetano falou à Rádio Grenal sobre a confusão.

“Foram imagens lamentáveis. O que eles talvez estariam reclamando é que durante muitos anos o VAR não existia para corrigir os erros que muitas vezes favoreciam eles”, disse.

“Queriam invadir o vestiário dos árbitros e do Atlético. São vândalos. O que eles fizeram nunca tinha visto. Toda delegação do Boca teve que ir para a delegacia”, completou ele.

Confira a postagem do Atlético-MG:

- Receba as notícias do Inter em primeira mão no seu celular, baixe nosso aplicativo!
Comentários
Loading...
Colabore com o jornalismo independente:
e3ff5de2-730e-45e7-a9ef-41802cfe4b27
Pix (Chave aleatória)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais