Danilo Fernandes se despede do Inter: “Tornei-me colorado e entendi o que essa torcida sente”

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Internacional acertou a saída de Danilo Fernandes ao Bahia. O antigo camisa 1 do Clube do Povo agora defenderá o Esquadrão, onde já foi anunciado na tarde desta sexta-feira.

Desde 2016 no Internacional, Danilo Fernandes foi contratado com a missão de substituir Alisson Becker, que foi para a Roma na ocasião. O goleiro ficou cinco anos no Colorado.

Em seu perfil oficial no Instagram, Danilo Fernandes se despediu do Internacional:

Obrigado Inter!

Jogar futebol é o sonho de qualquer criança, e ver esse sonho realizado é um sentimento de gratidão e de realização pessoal imensurável. Então imagine você, quando você vê que além desse sonho realizado, você consegue alcançar a grandeza de vestir uma das camisetas mais pesadas do mundo! Pois então, a mistura de sentimentos nesse momento é imensa, ao escrever esta carta passa um filme em minha cabeça.

São 5 anos que vim para Porto Alegre e desde então me tornei um pouco de gaúcho, tornei-me colorado e entendi o que essa torcida sente e como ela vibra. Eu tive o privilégio de sentir o carinho por onde estive, com Beira-Rio lotado, nas redes sociais, ter esse privilégio é algo que dinheiro nenhum no mundo pode comprar.

Queria ter dado muito mais a este clube, queria ter conquistado um título nacional para essa torcida maravilhosa, infelizmente não consegui. Mas lutei! Briguei por esta camisa, defendi este manto, não me furtei um minuto sequer de viver esse sentimento que é ser INTER! Saio com um sentimento imenso por este estado, e uma marca vermelha e branca que nunca vai sair da minha pele. Que sentimento especial se conquista ao viver o dia-a-dia das margens do beira rio!

Os momentos ruins servem de aprendizado e amadurecimento, mas os momentos bons são marcantes e inesquecíveis: Vestindo esse manto, tive a oportunidade de ser convocado para seleção brasileira, entrei em campo com pé e nariz quebrado para honrar a grandeza deste clube, bati a marca de 100 jogos vestindo esse manto.

As palavras união, companheirismo, entrega e respeito nunca foram tão claras para definir os amigos que fiz aqui. Desde o primeiro funcionário do clube lá em 2016, até o ultimo que me despedi agora em 2021, todos me ensinaram a crescer como pessoa e profissional. Para vocês fica sempre minha torcida e meu mais sincero respeito e admiração.

Falando em agradecimento, não poderia encerrar essa carta de outra maneira: OBRIGADO, INTER!

 


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais