Taison, o retorno de quem nunca deixou o Beira-Rio

Inter e Taison formam um belo caso de amor, com todas páginas e capítulos como se fosse um livro de romance.

O Inter sempre foi para o Taison; o Taison sempre foi para o Inter.

Em 2010, após o bicampeonato da Libertadores, o guri de Pelotas deixava o Beira-Rio em busca dos seus sonhos na Europa.

Por lá, fez sucesso no Metalist, logo depois vendido ao Shakhtar Donetsk, onde ficou por diversos anos, foi convocado para a Copa do Mundo de 2018, ídolo e capitão do seu time, conquistando diversas taças – como outrora foi no Clube do Povo.

Taison é um vencedor nato.

O encanto nunca passou e o desejo de ambos era insaciável, onde a única torcida era pro tempo passar o mais rápido possível e este encontro logo acontecer.

Como se fosse um caso de amor de adolescência, Taison voltaria aos braços de quem mais o ama: a torcida colorada.

Por ventura do destino, assumiria a camiseta 10, do seu ídolo e amigo Andrés D’alessandro.

Hoje, dia 16 de Abril de 2021, Taison volta a vestir a camiseta do Internacional, – não só como torcedor, que ele sempre vestiu -, mas também como atleta do Colorado atuando no Beira-Rio, a sua casa que sempre lhe esperou de braços abertos.

Bem-vindo de volta, Taison!


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais