Ex-dirigente do Inter revela o motivo de Geferson não ter sido negociado com a Sampdoria em 2015

Foto: Divulgação / Inter

Em 2015, o Internacional recebeu uma proposta oficial pelo lateral-esquerdo Geferson, que havia surgido bem da base e era titular de Aguirre após a saída de Fabrício.

Em meio as boas atuações na Libertadores, ele chegou a ser convocado para a Copa América, pelo técnico Dunga, e, logo após, recebeu uma proposta oficial para deixar o clube.

Segundo apurado pela Revista com um ex-dirigente da época, a Sampdoria colocou na mesa uma oferta oficial de 4,5 milhões de euros.

“Teve a proposta pelo Geferson, sim. Mas o Vitório Piffero (presidente na época) não aceitou porque era parcelado o pagamento”, revelou o ex-dirigente.

Logo depois, ele acabou marcando um gol contra contra o Tigres, na semifinal da Libertadores, perdendo espaço.

O lateral lançado da base atuou no Inter dos anos de 2015 até 2017. No ano do rebaixamento foi emprestado ao Vitória. Hoje ele atua no CSKA Sofia, da Bulgária.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais