Daniel Ricci Araújo: De Lucas do Rio Verde ao Maracanã

"Quando o Inter caiu para a Série B, havia um fundo do poço simbólico: jogar em Lucas do Rio Verde"

Quando o Inter caiu para a Série B, havia um fundo do poço simbólico: jogar em Lucas do Rio Verde.

Tratava-se de um rebaixamento futebolístico e geográfico. Acostumado aos aeroportos mais concorridos e aos hotéis mais exclusivos, o Inter viajaria agora no estilo ônibus enguiçado sem ar condicionado. Nada contra, mas nāo era como chegar no Morumbi.

Aquele momento passou. Agora, na quarta-feira, o Maracanã rangerá como um rottweiler contra o Inter. Sessenta mil almas cariocas, prontas para matar ou morrer. Voltamos a jogar jogos que falam por si só.

Liguei Lucas do Rio Verde ao Maracanã para celebrar o Inter. Essas sessenta mil ferozes almas flamenguistas que se aproximam são a prova da nossa grandeza. Já em Lucas do Rio Verde o Inter estava no horizonte da Libertadores.

Alguém disse que a vida nasce grávida da morte. Há coisas inevitáveis, marcadas a ferro. O Inter estava fora da sua rota, do seu caminho. Agora voltou.

E vai buscar seu lugar à mesa com uma fúria homicida.

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais