TV peruana divulga áudio em que ex-funcionários do Swissotel combinam depor em favor de Paolo Guerrero

O caso de doping do atacante Paolo Guerrero segue rendendo na imprensa peruana

O caso de doping do atacante Paolo Guerrero segue rendendo na imprensa peruana. Isso porque o programa Dia D, do canal América TV, do Peru, divulgou áudios de dois ex-funcionários do Swissotel, em Lima.

Nas conversas, eles combinam a versão de que o centroavante teria sido contaminado com chá de coca para, logo após, pedir um pagamento ao centroavante peruano.

Na gravação divulgada pelo programa, Jordy Alemany, que era responsável pelos Alimentos e Bebidas do hotel, conversa com Anthony Obando Martins, que contou sua versão sobre a contaminação de Paolo Guerrero em um programa de televisão há cerca de um mês.

“Marico, tua declaração vale US$ 10 milhões. Quanto você pode pedir a Paolo Guerrero? US$ 200 mil e você vai dar um beijo na boca!”, diz um dos ex-funcionários no áudio.

“Você ganha três mil soles (novo sol é a moeda peruana). Três mil soles são menos de mil euros. Com esta oportunidade, você ganha 200 mil euros, ou seja, teu faturamento de 10 anos. Dez anos trabalhando no Swissotel”, completa.

Procurado pela imprensa local, Enrique Ghersi, advogado do hotel, anunciou que irá incluir os áudios no julgamento do caso. Na última semana, o Swissotel acusou a parte do centroavante do Inter de ter subornado ex-funcionários.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais