Imprensa uruguaia fala sobre possibilidade de convocação de Nico López

Mesmo sendo destaque do Inter nos últimos 3 anos, o atacante Nico López ainda não foi convocado para a seleção uruguaia

Mesmo sendo destaque do Inter nos últimos 3 anos, o atacante Nico López ainda não foi convocado para a seleção uruguaia. O Uruguai é treinado por Óscar Tabárez, que tem jogadores para posição como Cavani, do PSG e Luiz Suárez, do Barcelona.

Emiliano Salomón, repórter da Rádio Universal 970 AM, de Montevidéu, falou sobre a possibilidade de Nico ser chamado nas próximas convocações. 

“Ele foi parte do processo na seleção de juvenis, mas não teve continuidade. A forma de trabalho do maestro Tabárez é ir, à medida que vai acontecendo uma renovação, apelando aos jogadores da base. No posto do Nico López existem dois jogadores que são dos melhores do mundo, como Cavani (PSG) e Suárez (Barcelona). Mas não está descartado que, com algumas lesões e suspensões, ele seja chamado”.

Já Javier da Cunha, repórter da Rádio Rivera, entende que o jogador do Inter deveria fazer parte do grupo que constantemente é chamado para defender a seleção do país.

“Penso que o “Diente López” teria que ter uma oportunidade de pelo menos estar na seleção. Já faz várias temporadas que ele faz um bom papel no Inter. Tabárez tem um jeito muito especial de escolher os jogadores da seleção, de manter um grupo. Se o Nico não tivesse passado pela base da seleção, ele não entraria. Exceto o Torreira (meia do Arsenal), todos passaram pela base. Acho estranho que ele não seja convocado, mas nós, uruguaios aqui da fronteira, que gostamos do futebol brasileiro, pensamos que ele merecia uma oportunidade”.

Nico López foi contratado pelo Inter em 2016, em meio a temporada que culminou com o rebaixamento da equipe gaúcha. Para adquiri-lo, o colorado desembolsou cerca de 8 milhões de dólares a Udinese, da Itália.

 


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais