Dirigente do Inter comemora volta do assédio de clubes europeus aos jogadores colorados

O bom rendimento da equipe no ano passado e no começo dessa temporada fez com que os jogadores do colorado voltassem a ser assediados pela mercado europeu

Na última quarta-feira, o Internacional venceu o Paysandu e se classificou às quartas de final da Copa do Brasil.

O bom rendimento da equipe no ano passado e no começo dessa temporada fez com que os jogadores do colorado voltassem a ser assediados pela mercado europeu.

A informação foi passada pelo vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, após o confronto contra a equipe de Belém.

O desabafo do dirigente também vem por conta de que o Inter não vende um atleta desde o lateral-direito William.

O ala foi negociado com o Wolfsburg em 2017 e rendeu ao clube gaúcho cerca de 4,5 milhões de euros. Melo também revelou que o colorado investiu cerca de R$ 4 milhões em contratações na virada do ano.

Se for comparado com Palmeiras e Flamengo, que injetaram mais de R$ 100 milhões em reforços no elenco, o colorado fica bem atrás neste quesito.

No começo da temporada, o Inter contratou: Bruno, Matheus Galdezani, Rodrigo Lindoso, Neílton, Tréllez, Guilherme Parede e Rafael Sobis.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais