“Difícil jogar contra 12”, dispara Paolo Guerrero após derrota para o Palmeiras

O Internacional foi derrotado pelo Palmeiras por 1 a 0 no último sábado em partida que foi válida pela terceira rodada do Brasileirão, que aconteceu em São Paulo. Depois do jogo, o centroavante Paolo Guerrero reclamou bastante da arbitragem.

Logo no começo da partida o jogador do Inter acabou sendo atingido no peito pelo braço do atacante Dudu e revidou. Uma pequena confusão se formou e o jogador peruano acabou levando cartão amarelo, assim como Felipe Melo.

Paolo Guerrero também reclamou das faltas sofridas durante a partida e de um possível pênalti não marcado a favor da equipe Gaúcha, sem especificar a qual lance estava se referindo.

“Acho que fizemos um grande jogo. O Palmeiras teve chance no gol de escanteio. Dominamos, fomos muito superiores. Infelizmente tomamos o gol de escanteio. É difícil jogar contra 12 jogadores. São 11 do Palmeiras mais o juiz. Incrível. Falta para o Dudu. Das 10 bolas dele, nove, todas caindo. Depois não marcou o pênalti. Perguntei para ele (o árbitro) e disse “foi normal”. Por favor, repitam a jogada, dá para ver o pênalti”, reclamou o centroavante.

O vice-presidente de futebol do Inter, Roberta Melo, deu razão ao seu jogador. Para ele Dudu deveria ter sido expulso pela agressão em Paolo Guerrero.

“Não queria falar de arbitragem, vocês têm mais condições de avaliar. Vi alguns lances apenas. Mas o Guerrero apanhou o jogo todo, foi agredido, tomou soco, chutado. Esta reclamação é totalmente justa. Fica difícil jogar. Cabe à arbitragem tomar as medidas que precisam ser tomadas, mas a arbitragem fez que não viu”, declarou o vice.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais