D’Ale diz que não vai parar de jogar ao final do ano

Argentino diz em entrevista coletiva que não pretende se aposentar nessa temporada

O argentino Andrés D’Alessandro, em entrevista coletiva na tarde dessa quarta-feira (22), falou um pouco sobre seu futuro no Internacional. O camisa 10 diz estar muito feliz no colorado e deixa 2020 em aberto em relação ao futebol.

“Não vou parar de jogar no final do ano. Eu sempre faço os balanços ao final do ano, mas se me perguntarem hoje, não vou parar. Vou continuar jogando”, disse o capitão colorado.

Aos 38 anos, Andrés D’Alessandro é titular do time de Odair Hellmann e capitão da equipe na ausência do volante Rodrigo Dourado. D’Ale agradeceu ao treinador colorado e falou que precisa se sentir jovem e manter-se em dia com seu físico.

“Preciso sentir que eu posso correr de igual para igual com um guri de 20, 21. Tentar me manter fisicamente, porque, tecnicamente a gente não esquece de jogar bola”, reforçou o argentino.

D’Ale ainda deixou claro que, caso permaneça nos gramados em 2020, o Sport Club Internacional teria a prioridade para assinar com ele. Isso elucida a torcida, tranquilizando aqueles que querem sua permanência, para não ocorrerem boatos de uma possível aposentadoria com a camisa do River Plate. O camisa 10 encerra seu contrato com o colorado ao final do ano. Ainda não existem conversas entre a direção e o atleta.

Essa notícia ainda abre uma brecha para que D’Alessandro se torne o argentino com mais jogos na história da Copa Libertadores. D’Ale tem 78 jogos na competição e é o terceiro da lista, atrás apenas de Clemente Rodríguez com 82 e Agustin Orión, com 85. O colorado pode empatar com o ex-goleiro do Boca Juniors caso o Inter chegue na final deste ano e ele esteja em campo nas partidas até lá. Se não ocorrer isso, D’Ale quebraria esse recorde participando da fase de grupos da Libertadores de 2020.

Além do assunto citado, D’Ale também diz na entrevista coletiva que o time precisa ter atenção ao Paysandu, adversário colorado na partida de amanhã (23).

“Tem que suar, competir e brigar. Vai ser um mata-mata difícil”, finalizou o capitão. D’Alessandro deverá ser titular na partida de amanhã.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais