Patrick projeta Gre-Nal e comenta confusão no clássico de 2018: “Não estamos aqui para brigar”

Foto: Divulgação / Inter 



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Após o treino fechado do Inter neste sábado pela manhã, o volante Patrick concedeu entrevista coletiva e projetou o clássico Gre-Nal deste domingo, às 16 horas, no Beira-Rio. 


A única dúvida para o jogo válido pela ida da final do Gauchão é o volante Rodrigo Dourado, que saiu sentindo o joelho esquerdo na terça, diante do Palestino. 


Em 2018, após vencer por 1 a 0, quando estava lutando pelo título do Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi e os jogadores gremistas provocaram, lembrando do clássico do Gauchão, quando D’Alessandro e Moledo teria pedido para o rival “aliviar”.  Para o meia do Inter, o jogo tem que ser decidido dentro de campo, sem confusão. 


“A tradição do clássico já diz tudo. É o maior clássico do Brasil, na minha visão. Então temos que entrar pilhado. Com a adrenalina lá em cima. Para que possamos dar o nosso melhor e não sermos surpreendidos. E a gente torce para que não haja confusão, porque não estamos aqui para brigar e sim para jogar futebol”, afirmou Patrick. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O meio-campo também pediu atenção aos companheiros nos 90 minutos de jogo, uma vez que contra o River Plate e diante do Palestino, após abrir 2 a 0, o colorado deixou os adversários empatarem. 


“Temos ciência dos últimos dois ocorridos na Libertadores. Não podemos cometer os mesmos erros que cometemos novamente. Na última conseguimos sair com a vitória. Isso foi importante. Cada um sabe o que tem que fazer no campo. Sabe que temos que manter o ritmo no segundo tempo para que o adversário não faça gol na gente”. 


Para finalizar, Patrick exaltou o trabalho de Odair Hellmann nesta temporada e lembrou das contratações de 2018 e 2019, que deram mais “qualidade” ao time que disputou a série B. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
“Estamos nos preparando muito bem. Estamos em uma crescente muito boa. Creio que a equipe que conseguiu o acesso da série B para a série A e que fez o Brasileirão no ano passado está crescendo, estamos conquistando os objetivos e vamos continuar nessa levada. Independentemente da opinião alheia a gente vai continuar dando nosso melhor e fazendo nosso trabalho para que o Inter conquiste títulos, jogando um bom futebol e trazendo alegria para a torcida”.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais