Meia ex-Corinthians admite pênalti sobre Tinga em 2005 e provoca: “Vai discutir com a CBF”

Foto: Divulgação / Inter 



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Em 2005, o Internacional foi de fato o verdadeiro Campeão Brasileiro. Em entrevista para o SporTV, o meia Carlos Alberto admitiu a penalidade em cima de Paulo César Tinga naquela temporada. 


Na oportunidade, Inter e Corinthians disputavam a liderança do nacional e, após o time paulista abrir o placar com Tévez, Sobis empatou para o colorado. 


O jogo se encaminha para o seu final quando Tinga foi lançado por Perdigão e, dentro da área, foi derrubado por Fábio Costa, goleiro do Corinthians. 


A arbitragem de Márcio Rezende de Freitas, além de não marcar o pênalti, ainda ainda apresentou o segundo amarelo para o atleta do Inter, o expulsando. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“O lance do pênalti do Tinga, de verdade, eu não acho que foi pênalti. Eu acho que foram dois pênaltis. Mas sabe o que eu falo para o Tinga? “Problema é teu, eu fui campeão, dei a volta olímpica, vai discutir com a CBF!”. Na minha opinião, foi. Mas eu não podia falar isso na época. Passados tantos anos, a gente fala”, disse Carlos Alberto. 


O Brasileirão daquele ano ainda ficou marcado pela anulação de 11 partidas, que tiveram que ser disputadas novamente. Desta forma, o Inter, que era líder, acabou sendo ultrapassado pelo Corinthians na tabela. 


“Teve a polêmica da arbitragem, mas nós jogadores não tivemos nada a ver com isso. Os  jogos que foram remarcados nós ganhamos no campo”, completou Carlos Alberto. 


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais