Em súmula, árbitro explica expulsão de D’Alessandro

Foto: Reprodução 



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O Internacional perdeu o título do Campeonato Gaúcho para o Grêmio nas penalidades na última quarta-feira. Nesta tarde, a Federação Gaúcha de Futebol divulgou a súmula do árbitro Jean Pierre Lima, que explica a expulsão do meio-campo D’Alessandro. 


O camisa 10 argentino estava no banco de reservas quando o atacante Guilherme Parede puxou o calção do lateral-esquerdo Cortez e o juiz marcou penalidade a favor do rival após análise do VAR. 


Logo depois da confirmação do pênalti para o Grêmio, D’Ale se levantou e discutiu com Daniel Bins, o quarto árbitro da partida. 


“O que vocês deram? O que é isso? Que palhaçada, vocês têm medo deles. Lá, vocês não fizeram nada, vocês têm medo deles”, disse D’Alessandro, segundo o relato da súmula. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O técnico Odair Hellmann também foi citado no documento. O comandante do Inter levou cartão vermelho e precisou assistir ao final do confronto no túnel que dava acesso ao gramado da Arena.


Abaixo o trecho que envolve os colorados na súmula: 


“Aos 71 minutos de jogo, após informação do quarto árbitro, Sr. Daniel Bins, expulsei diretamente o atleta número 10, sr. Andrés Nicolas D’Alessandro, do S.C. Internacional. Segundo o relato do quarto árbitro, o referido atleta, após a marcação de uma penalidade contra a sua equipe, deixou a área de aquecimento e foi em direção ao mesmo, ficando frente a frente. De forma ríspida, reclamando veemente com o dedo em riste, proferindo as seguintes palavras: “O que vocês deram? O que é isso? Que palhaçada, vocês têm medo deles”. Mesmo após solicitação do quarto árbitro para que o mesmo retornasse a sua área de aquecimento, o referido atleta continuou a protestar contra as decisões da arbitragem proferindo ainda as seguintes palavras: “Lá, vocês não fizeram nada, vocês têm medo deles.”


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Informo que o atleta teve que ser contido por seus companheiros, pois mesmo após a apresentação do cartão vermelho, retornou em direção ao quarto árbitro, protestando verbalmente com o dedo em riste, mas sem conseguir identificar as palavras.


Aos 71 minutos de jogo, expulsei da área técnica o Sr. Odair Hellmann, treinador do S.C. Internacional, por protestar ostensivamente contra as decisões da arbitragem ao gesticular abrindo e fechando os braços e, com o dedo em riste, dizer que não havia sido pênalti contra a sua equipe. Após ser expulso, o mesmo se recusou a deixar a área técnica, saindo apenas com a presença da Brigada Militar.”


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais