Sem recursos, Inter sondou, mas não avançou por atacantes

Foto: Divulgação 

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A direção do Inter descartou a contratação de dois atacantes especulados no clube recentemente. São eles, Roger Guedes e Alexandre Pato.


O motivo: os altos valores para que ambos viessem a Porto Alegre. Guedes pertence ao Shandong Luneng, da China, e por lá não vem atuando. Tanto que não foi inscrito na Liga dos Campeões da Ásia.

Desta forma, uma saída seria retornar ao futebol brasileiro, de onde saiu em 2018 como artilheiro do Brasileirão. Na época, foi vendido ao time chinês pelo Palmeiras, que era o clube que detinha os seus direitos. Porém, atuava por empréstimo no Atlético-MG.

Já Alexandre Pato rescindiu com o Tianjian Quanjian na última semana e, a partir daí, começou a projetar um retorno ao país. A ideia é voltar a vestir a camisa da seleção brasileira e, quem sabe, participar da Copa América que acontece aqui entre os meses de junho e julho.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Contudo, sem recursos para investir em grandes contrações, o Inter não deu andamento as negociações, depois de sondar os jogadores de ataque.


Em contato com a nossa reportagem, tanto André Cury, representante de Pato, quanto Paulo Pitombeira, estafe de Roger Guedes, descartaram uma vinda ao Colorado. A direção, consultada pela Revista, também disse não ter condições para contratar estes nomes.
Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais