Publicidade

Por tragédia familiar, Guerrero é liberado para viajar para o Peru

Foto: Divulgação / Inter 

O centroavante Paolo Guerrero não participou do treino do Inter na manhã desta segunda-feira. O jogador foi liberado para ir até o Peru acompanhar o velório do seu sobrinho, Júlio André Rivera Quispe, que faleceu no sábado. 

O parente do jogador do Inter foi atropelado e, segundo a imprensa peruana, o condutor do veículo não parou para prestar socorro. A polícia local suspeita de criminosos em fuga e, para ajudar nas investigações, imagens de câmeras estão sendo analisadas. 

Júlio André Rivera Quispe está sendo velado desde o último domingo e é filho de Julio André, meio irmão de Guerrero. O centroavante peruano não tem prazo para retornar ao Brasil. 

Porém, existe a expectativa de que ele volte a Porto Alegre entre a terça e a quarta-feira. Não existe pressa, uma vez que o avante está impossibilitado de atuar com a camisa do Inter até o dia 5 de abril, quando terá se encerrada a sua punição por doping.
Por tragédia familiar, Guerrero é liberado para viajar para o Peru Por tragédia familiar, Guerrero é liberado para viajar para o Peru Reviewed by Revista on março 11, 2019 Rating: 5
Comentários
0 Comentários