“Nós não podemos aceitar o D’Alessandro como árbitro”, diz dirigente do Caxias

Foto: Divulgação / Inter 



O Internacional enfrentará o Caxias no próximo domingo, às 16 horas, no Centenário, pela ida das quartas de final do Campeonato Gaúcho. 


Antes do jogo, porém, o vice do time caxiense, José Caetano Setti, em entrevista à rádio Gaúcha nesta madrugada, disse que D’Alessandro não pode “apitar” a partida


“Nós não podemos aceitar o D’Alessandro como árbitro”, afirmou o dirigente do Caxias. 


Na primeira fase do estadual, quando o Inter venceu o Caxias no Beira-Rio por 2 a 1, o dirigente já havia dado declarações contra o meia argentino. 


“Normal (atuação da arbitragem). Ele expulsou um jogador do Inter e depois todo contato nosso ele daria falta. Eu acho lamentável a atuação do D’Alessandro, de novo. Está na hora da Comissão de Arbitragem e da Federação tomarem uma atitude. Ele entrou e começaram as brigas. É sempre o mesmo, parece que ele é protegido por todo mundo. Isso tem que acabar”, disse ele. 



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“Ele (D’Alessandro) levou o cartão amarelo, foi peitar o cara de novo (o atacante Bruno Alves) e  depois correu atrás do juiz. Ele esculhamba com o jogo. Ele arruma confusão com todos os times, os jogadores saíram revoltados com essa atitude e tem que segurar para não ter o revide. Vamos começar a fazer que nem ele. Se ele tem direito, todos podem fazer também. Caso contrário está desequilibrado”, completou. 


O Caxias se garantiu nesta fase depois de vencer o Aimoré na quinta por 1 a 0 na Serra Gaúcha. Como havia empatado o primeiro jogo fora de casa em 1 a 1, se garantiu na semifinal do Campeonato Gaúcho. 


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais