Publicidade

Meia líder de assistências na argentina revela desejo de voltar ao Brasil; seria uma boa para o Inter?

Foto: Divulgação / Cruzeiro 

O Internacional segue em busca de contratações para a temporada de 2019. Mesmo que estreia na Libertadores nesta quarta-feira, às 19h15min, a direção colorada ainda busca reforçar o elenco. 

Nesta linha, recentemente esteve próximo de fechar com Ricardo Centurión, do Racing. O jogador, destaque do time argentino, teve um problema de relacionamento com o técnico Eduardo Coudet e foi afastado. 

A negociação com o Inter foi revelada a reportagem da Revista Colorada pelo investidor e parceiro colorado, Delcir Sonda. Contudo, o extracampo do atleta pesou e a negociação acabou não se confirmando. 

Ainda na argentina, encontra-se um meia que teve grande destaque no Brasil atuando com a camisa do Cruzeiro. Trata-se de Walter Montillo. 

O jogador é o líder de assistências do Campeonato Argentino atuando com a camisa do Tigre. Porém, em entrevista para o colega Jorge Nicola, da ESPN, não esconde o desejo de voltar ao país. 

“Tenho um carinho enorme pelo Brasil e estudaria se aparecesse alguma coisa”, afirmou Montillo, para emendar que, se retornasse, daria prioridade ao Botafogo: “Foi o clube que me abraçou, entendeu meu problema e criou um plano de trabalho e de treino, para que eu pudesse voltar a jogar”. 

O meio-campo anunciou a aposentadoria em 29 de julho de 2017, quando vinha de quatro estiramentos praticamente seguidos que o impediam de jogar pelo time carioca. 

“Voltei para a Argentina e comecei a conversar com algumas pessoas, que não aceitavam a forma da minha aposentadoria. Então, decidi fazer uma última tentativa, apoiado num projeto do Tigre. Voltei a jogar em julho passado e não sofri nenhuma contusão. Nenhuma! Posso dizer que sofri bastante na época do Botafogo e agora estou curtindo a nova fase”, explicou Montillo. 

Na argentina, com a camisa do Tigre, o meia tem 15 jogos e soma sete assistências. Desta forma, supera todos os outros atletas que atuam no campeonato local. Hoje, o seguem de perto Zárate, do Boca Juniors, e Carabajal, do Patronato, que aparecem logo em segundo, com seis assistências cada um. 

E ai torcedor colorado, Montillo seria uma boa contratação para o Inter, uma vez que, inclusive, já poderia assinar um pré-contrato com outra equipe?
Meia líder de assistências na argentina revela desejo de voltar ao Brasil; seria uma boa para o Inter? Meia líder de assistências na argentina revela desejo de voltar ao Brasil; seria uma boa para o Inter? Reviewed by Revista on março 05, 2019 Rating: 5
Comentários
0 Comentários