Publicidade!

Cotado para deixar o futebol chinês, Alexandre Pato não é mais representado por Gilmar Veloz

Foto: Divulgação 

Com mais um ano de contrato na China, o atacante Alexandre Pato não é mais representado por Gilmar Veloz. A informação foi passada a nossa reportagem nesta segunda-feira pelo empresário. 

"O meu contrato com o Alexandre Pato se encerrou há pouco e não respondo mais por ele", disse o estafe". 


A nossa reportagem conversou com Veloz devido às especulações de que o jogador poderia estar deixando o Tianjin Quanjian, por conta de alguns problemas financeiras que o clube passa após um de seus donos ser preso pela justiça chinesa. 


Em dezembro, Alexandre Pato teve seu nome especulado como possível reforço do São Paulo, mas a negociação acabou não se confirmando. 

Outro time interessado em contar com o futebol do jogador e que poderia fazer uma proposta ao seu clube neste momento seria o Milan, da Itália. 


Recentemente, a imprensa da Europa informou o interesse do ex-time do jogador na sua contratação. 


Pato foi negociado pelo Inter em 2007 com a equipe italiana, que na época aceitou o bancar cerca de 25 milhões de euros a equipe gaúcha para contratá-lo. 

A tendência é que o jogador tenha o seu futuro definido nos próximos dias, sendo que tem boa chance de deixar o futebol chinês para acertar com uma nova equipe.
Cotado para deixar o futebol chinês, Alexandre Pato não é mais representado por Gilmar Veloz Cotado para deixar o futebol chinês, Alexandre Pato não é mais representado por Gilmar Veloz Reviewed by Revista on fevereiro 04, 2019 Rating: 5
Comentários
0 Comentários