Médico da seleção peruana lamenta punição de Paolo Guerrero: “É um jogador insubstituível”

Foto: Divulgação / Inter 



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O centroavante Paolo Guerrero segue afastado dos gramados por conta da punição por doping. O jogador deve estrear com a camisa do Inter no mês de abril, quando poderá retornar ao futebol.


O médico da seleção peruana, Juan Carlos Oblitas, falou em entrevista para o jornal Líbero, do Peru, e lembrou da lacuna deixada pelo centroavante peruano na equipe comandada pelo técnico Ricardo Gareca. 


“Eu queria que o tempo passasse rápido para vê-lo voltar a jogar e, com os jogos que fará no seu clube, Ricardo (Gareca, técnico do Peru) poderá chamá-lo. E creio que vai chamar, porque necessitamos dele. Além disso, ele tem uma condição atlética privilegiada”. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Paolo Guerrero deve retornar ao Rio Grande do Sul para começar os trabalhos visando estrear com a camisa do Inter no mês de fevereiro, segundo informou a reportagem da Revista o executivo de futebol Rodrigo Caetano. 


“Em março temos uma data Fifa. Mas, na Copa América, quando Paolo poderá jogar, haverá de duas a três partidas amistosas. Ademais, ele poderá jogar em seu clube. Não é o ideal, mas a seleção não fará partidas para dar ritmo de jogo a ele. Por suas características, Paolo é um jogador insubstituível. Quando não esteve conosco nas Eliminatórias, Ricardo teve que mudar o esquema de jogo, com jogadores que se movimentavam muito mais”, finalizou. 


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais