Direção do Inter pode usar Valdívia como moeda de troca para reforçar o elenco

Foto: Divulgação / Atlético-MG 



O Internacional ainda não confirma a volta do meio-campo Valdívia. O jogador estava emprestado ao futebol árabe e foi liberado para retornar antes do final do seu vínculo de empréstimo, no mês de junho. 


A informação de que o clube ainda não recebeu nenhum comunicado oficial sobre a volta do jogador foi passada pelo presidente Marcelo Medeiros na noite da última quarta-feira, em entrevista para Rádio Gaúcha. 


No entanto, a tendência é que isso aconteça nos próximos dias. Desta forma, a direção colorada irá buscar a melhor solução para o futuro do meio-campo. 


Uma das ideias seria colocá-lo em uma negociação de troca com outro clube, recebendo um atleta na negociação. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Também não está descartado um novo empréstimo mediante ao pagamento de um valor, assim como já aconteceu com o Atlético Mineiro e o São Paulo. 


Valdivia estava emprestado ao Al-Ittihad, da Arábia Saudita, que desembolsou cerca de 3,5 milhões de euros em junho de 2018. 


A equipe árabe, porém, passa por um processo de reformulação e não teve interesse em manter o meio-campo do Inter para 2019.


Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceitar Ler mais