Publicidade!!!

Em entrevista, Rodrigo Caetano fala sobre contratações, aproveitamento da base, Luiz Adriano e Paolo Guerrero; confira

Foto: Divulgação / 

O diretor-executivo do Inter, Rodrigo Caetano, concedeu entrevista coletiva para rádio Grenal na manhã desta terça-feira e falou das questões referentes ao colorado. 

Inicialmente, Rodrigo Caetano afirmou que o seu desejo é permanecer no Inter para a próxima temporada. Isso porque o dirigente foi especulado no Atlético Mineiro e no Vasco recentemente. 


"Na verdade eu tenho contrato com o Inter até final de 2019. Meu desejo é terminar meu vínculo com o clube". 


Também falou sobre contratações para o próximo ano. Segundo ele, a direção já trabalha forte para quê o elenco seja reforçado para Libertadores. 

"Já estamos no mercado atrás de contratações. O Inter terá que usar muita criatividade e as relações com os outros clubes para reforçar o seu elenco em 2019". 

Afirmou, também, que a ideia é negociar um jogador nesta janela de transferências. 

"Eu te diria que precisa vender porque o déficit é bastante significativo. Nós fizemos uma escolha na metade da temporada em não vender um grande jogador, com um objetivo maior no ano". 

O diretor-executivo comentou a situação do centroavante Paolo Guerrero, lembrando que o jogador tem o novo recurso a ser divulgado nos próximos dias e pode ser liberado para voltar a atuar. 

"A gente conta muito com o Paolo. Há uma possibilidade de termos ele em dezembro, mas sempre imaginamos no pior cenário. Se o Damião não ficar, vamos sim no mercado atrás de reposição". 

Sobre o volante Jean, que foi especulado no dia de ontem, descartou a possibilidade de contratação do jogador. Segundo Rodrigo Caetano o nome do meio-campo nunca foi comentado pela direção. 

 "Nunca ninguém aqui comentou sobre ele. Muito difícil negociar com um atleta de um clube campeão brasileiro". 

Questionado sobre a possibilidade da contratação do centroavante Luiz Adriano, do Spartak Moscou, Rodrigo Caetano afirmou que até o momento as conversas acontecem com o seu representante. 

 
"O Luiz Adriano tivemos conversas com seus agentes, mas nada além disso até aqui".


Sobre a base, afirmou que a ideia é contar com os meninos em 2019. 

"Nossa ideia é ter um aproveitamento de 30% do elenco principal ser oriundo da categoria de base para 2019. Cerca de 10 atletas serão aproveitados ano que vem".

Para finalizar, o dirigente do Inter afirmou que segue negociando com o Palmeiras um novo empréstimo do lateral-direito Fabiano. 
Em entrevista, Rodrigo Caetano fala sobre contratações, aproveitamento da base, Luiz Adriano e Paolo Guerrero; confira Em entrevista, Rodrigo Caetano fala sobre contratações, aproveitamento da base, Luiz Adriano e Paolo Guerrero; confira Reviewed by Revista on dezembro 11, 2018 Rating: 5
Comentários
0 Comentários