Publicidade!

Rodrigo Caetano disse, no começo deste ano, que a contratação de Guerrero mudou o “patamar” do Flamengo; centroavante interessa ao Inter

Foto: Divulgação / Flamengo 


A boa relação do executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, com o centroavante Paolo Guerrero pode ser decisiva para que o jogador desembarque em Porto Alegre nos próximos dias. Foi o profissional contratado pelo colorado recentemente que levou o jogador peruano ao Flamengo em 2015. 

Em entrevista para os canais Fox Sports no começo deste ano, no programa “Aqui Com Benja”, o dirigente afirmou que a contratação do centroavante mudou o patamar do Flamengo naquele momento (2015). 


"Foi a sinalização para o mercado de uma retomada de credibilidade e principalmente de um cenário melhor. Se você for ver, o Guerrero chegou na metade de 2015. No ano seguinte, chegou o Diego. Esses foram os que causaram maior impacto. No ano seguinte, 2017, veio o Everton Ribeiro, Geuvânio, Diego Alves. Naquele momento do Guerrero ainda foi um término de contrato com o Corinthians e a capacidade de convencer o Guerrero a vir para o Flamengo, realmente trouxe os holofotes de novo para o Fla nessa sequência que tivemos de repatriar jogadores com uma trajetória de expressão para o clube e acho que ele nos colocou num patamar acima e acho que ali se iniciou esse processo", afirmou o dirigente na oportunidade. 


Agora, o atacante vive um processo semelhante ao daquele momento, quando estava com contrato se encerrando com o Corinthians e acabou acertando com o Flamengo um contrato por 3 anos. O peruano tem vínculo com a equipe carioca se encerrando na próxima sexta-feira, ficando livre para negociar com equipes de interessadas. 

O Internacional já teria apresentado uma proposta ao atleta na casa dos R$ 4 milhões anuais - cerca de R$ 330 mil mensais, além de luvas pelo acerto. A informação foi passada nossa reportagem por um dos empresários que acompanha a negociação. 


Contudo, o jogador ainda desperta o interesse do Santos, que não fechou com o argentino Marco Ruben. O representante do jogador de 34 anos é o mesmo do lateral-direito Zeca (OTB), o que poderia facilitar uma negociação de vinda ao Rio Grande do Sul. 


A tendência é que Paolo Guerrero tenha o seu futuro definido nos próximos dias, não devendo ter um desfecho antes do final do seu contrato com o Flamengo, no dia 10 de agosto. 
Rodrigo Caetano disse, no começo deste ano, que a contratação de Guerrero mudou o “patamar” do Flamengo; centroavante interessa ao Inter Rodrigo Caetano disse, no começo deste ano, que a contratação de Guerrero mudou o “patamar” do Flamengo; centroavante interessa ao Inter Reviewed by Revista on agosto 06, 2018 Rating: 5
Comentários
0 Comentários