Publicidade!

Em nota, torcida do Inter cobra agilidade na retirada de cadeiras do Beira-Rio

Foto: Divulgação


A torcida organizada Guarda Popular usou as redes sociais para cobrar da direção do Inter a demora nas retiradas de cadeiras da arquibancada inferior Sul. Através de uma nota oficial, os torcedores reconheceram o esforço feito pela presidente Marcelo Medeiros para que o projeto saia do papel, mas pediram agilidade no processo. 

"O futebol sendo hoje um fenômeno global de massas, atraí os interesses de diversos setores com os mais variados objetivos num mundo orientado pela lógica do capital, e a partir desta lógica são orquestrados eventos multimilionários que antes de pensarem em promover um futebol popular e democrático, pensam em lucro. Foi neste contexto que em 2014 o Brasil sediou a Copa do Mundo, megaevento organizado pela FIFA, associação que manda no futebol mundial, e também faz inúmeras exigências para quem recebe seus eventos.

No âmbito Colorado estas exigências se refletiram na reforma de modernização do Estádio Beira-Rio no intuito de satisfazer os padrões necessários para ser um estádio sede da Copa do Mundo, e desde o começo deste processo a Guarda Popular se fez presente, inclusive apresentando projetos, reivindicando o que chamamos hoje de “setor sem cadeiras”. Um setor na curva sul que possibilitaria a continuidade das festas das torcidas, mesmo numa conjuntura em que a cultura torcedora era sufocada pela onda modernizadora, além disso, também seria um setor com ingressos mais acessíveis, contrapondo um processo intrínseco as modernizações que é o afastamento dos torcedores mais pobres.

Portanto percebe-se que este não é um pedido novo, já se passaram alguns anos e também gestões diferentes no comando do Sport Club Internacional. O que difere este momento atual dos outros de reivindicação é a demanda, hoje mais do que nunca é uma demanda dos torcedores do Internacional, que temporadas após a inauguração de um Beira-Rio reformado perceberam a real necessidade de um setor sem cadeiras no nosso estádio. Processo parecido ocorreu nos estádios localizados nos centros comerciais do mundo, usados de exemplo para estas modernizações, onde hoje se retiram cadeiras para atender seus torcedores.

A atual diretoria do clube resolveu firmar compromisso com esta necessidade dos torcedores, principalmente através da figura do Presidente Marcelo Medeiros, e a Guarda Popular reconhece os seus esforços para levar adiante este projeto, hoje estagnado nas mãos do Corpo de Bombeiros. Questionamos assim o porquê desta demora na analise e liberação para que o projeto possa ser concluído e a reivindicação de milhares de Colorados possa finalmente ser atendida".

Guarda Popular – A Barra do Inter.

No final de junho, os responsáveis concluir o projeto no espaço atrás de um dos gols o enviaram para o Corpo de Bombeiros buscando aprovação. 


Agora, o clube Gaúcho aguarda a liberação do plano de prevenção contra incêndios (PPCI) para que se inicie as obras e as retiradas das cadeiras do local. A ideia é que em até 40 dias o local esteja à disposição para quê 3780 torcedores possam assistir aos jogos de pé. 


Os estudos para as retiradas de cadeiras da arquibancada inferior Sul começaram em 2017. Porém, o projeto atrasou devido a algumas mudanças que tornaram mais rígidas as exigências para que o setor sem cadeiras fosse uma realidade. 

O local precisa ser separado do restante do estádio, tendo entradas e saídas próprias. Além disso, são necessários banheiros e bares, além de capacidade de escoamento dentro de um limite que é previsto na legislação. 

O Inter ainda terá que isolar o local da área com cadeiras com divisórias de vidro. Com todo o projeto concluído, o clube Gaúcho agora aguarda o Corpo de Bombeiros para iniciar as obras no local. 

A ideia da direção a liberar a área ainda na temporada de 2018 para os jogos restantes do Campeonato Brasileiro. Atualmente já existe um espaço no local sem acentos que é ocupado por uma das torcidas organizadas do Inter.
Em nota, torcida do Inter cobra agilidade na retirada de cadeiras do Beira-Rio Em nota, torcida do Inter cobra agilidade na retirada de cadeiras do Beira-Rio Reviewed by Revista on agosto 22, 2018 Rating: 5
Comentários
0 Comentários